Somos pessoas que fazem imagens.

Imagens que podem ser lidas de inúmeras maneiras a depender dos lugares - físicos, morais e sociais - em que se encontram as pessoas que consomem essas fotografias.

Com isso em mente, a Plano Sequência montou um time de curadores pautados na seleção de olhares diversos e profundos, cuidando para estarmos conectados às mudanças significantes do mundo contemporâneo e com o foco na imagem como produto de significados. É muito importante que, o que essas imagens comunicam, sejam respeitadas por quem as consome.

O fazer imagético não termina com o clique da câmera fotográfica, o fazer imagético não termina nunca. A cada olhar direcionado à cena, uma nova história é absorvida, aprendida e perpetuada. Em tempos de consumo desenfreado de imagens, propomos aqui, um olhar mais demorado.

A fotografia que vai para sua parede é resultado dessa apreciação um pouco mais longa, do sentir a mensagem que é transmitida e então, de alguma forma, te conectar com o propósito maior dessa ONG.

Convidamos vocês a se demorarem nos olhares alguns minutos pela galeria, convidamos vocês a tornarem esse sonho imagético em realidade, a nos representarem e a se sentirem representados, a serem um e a serem todos os olhares.

Iremos contar histórias, emocionar e respeitar o retrato, o retratado e você que nos ajudou a existir e persistir em momentos duros. Reunimos uma galeria e nos responsabilizamos para que nosso movimento leve até todos os possíveis outros, um olhar mais humano, mais acolhedor e mais horizontal.

Signo, significante e significado em cores, brilho e alma.

Plano Sequência